Grade Contábil do Patrimônio

..:: Grade Contábil do Patrimônio

brsimples

 

..:: Última Modificação: 26 de Fevereiro de 2014

..:: Janelas: Nenhuma.

 

br_Objetivo

 

Detalhar a Contabilização do Demonstrativo Patrimonial, isto é, mostrar quais lançamentos a débito e a crédito serão efetuados, bem como seus valores.

 

br_passo_a_passo

 

O Demonstrativo procura por Movimentação dos Itens que possuam Data do Histórico maior ou igual a Data Inicial do Período e que possuam Data do Histórico menor ou igual a Data Final do Período. A Natureza do Item deve ser Ativo. Itens de Inclusão por União ou Desmembramento que possuam movimento de Inclusão acima da Data Final do Período não serão considerados.

 

Movimento de Inclusão

Se o Grupo do Item tiver Natureza do Ativo e a Inclusão for por Aquisição:

Débito

Crédito

Valor

Conta de Saldo do Grupo

Conta de Implantação do Grupo

Valor de Aquisição

 

Se o Grupo do Item tiver Natureza do Ativo e a Inclusão for por União, Desmembramento ou Transferência:

Débito

Crédito

Valor

Conta de Saldo do Grupo se houver Valor no Cálculo:

(Vlr. Depreciação Acumulada - Vlr. Depreciação do Mês)

Conta de Depreciação a Crédito se houver Valor no Cálculo:

(Vlr. Depreciação Acumulada - Vlr. Depreciação do Mês)

Valor de Depreciação Acumulada

Conta de Saldo do Grupo

Se a Inclusão for por União:

Conta de União dos Parâmetros da Filial

 

Se a Inclusão for por Desmembramento:

Conta de Desmembramento dos Parâmetros da Filial

 

Se a Inclusão for por Transferência:

Conta de Transferência dos Parâmetros da Filial

Valor Residual

 

Se o Grupo do Item tiver Natureza do Ativo e a Inclusão for por Laudo de Avaliação:

Débito

Crédito

Valor

Conta de Saldo do Grupo

Conta de Reserva de Laudo do Grupo

Valor de Implantação do Laudo*

* O Valor de Implantação do Laudo não é o Especificado na hora de criação do mesmo, ele é calculado através da Fórmula:

Valor de Implantação do Laudo - (Valor Residual)

Onde Valor Residual, é considerado as Depreciações Normais e as Depreciações Fiscais.

 

Movimento de Baixa

Se o Grupo do Item tiver Natureza do Ativo e a Baixa for Geral, ou seja, que é feita através da Baixa do Item:

Débito

Crédito

Valor

Conta de Baixa do Grupo

Conta de Saldo do Grupo

Valor Residual

Conta de Depreciação a Crédito do Grupo

Conta de Saldo do Grupo

Valor de Depreciação Acumulada

 

Se o Grupo do Item tiver Natureza do Ativo e a Baixa for por União, Desmembramento ou Transferência:

Débito

Crédito

Valor

Conta de Depreciação a Crédito do Grupo

Conta de Saldo do Grupo

Valor de Depreciação Acumulada

Se a Baixa for por União:

Conta de União dos Parâmetros da Filial

 

Se a Baixa for por Desmembramento:

Conta de Desmembramento dos Parâmetros da Filial

 

Se a Baixa for por Transferência:

Conta de Transferência dos Parâmetros da Filial

Conta de Saldo do Grupo

Valor Residual

 

Cálculo da Depreciação

Se o Grupo do Item tiver Natureza do Ativo e o Movimento do Item é de Cálculo:

Débito

Crédito

Valor

Conta de Manutenção do Item com Data mais recente

Conta de Depreciação a Crédito do Grupo

Valor de Depreciação no Mês

 

Cálculo de Impostos

Para o Cálculo dos Impostos, existem 2 formas que estão descritas abaixo:

 

Impostos baseados em CSLL e IRPJ:

Débito

Crédito

Valor

Conta a Débito configurada para o Imposto

Conta a Crédito configurada para o Imposto

Valor de Imposto Calculado*

* A Fórmula para o Cálculo destes Impostos é:

((Valor de Implantação - (Valor de Aquisição Original + Valor da Depreciação Acumulada)) * 20%) * % Alíquota do Imposto

Onde Valor da Depreciação Acumulada não considera as Depreciações Fiscais.

A multiplicação dos 20% que consta na fórmula é definida por Lei.

A % da Alíquota do Imposto é definida nos Parâmetros Fiscais da Filial (Gestão Administrativa / Patrimônio / Parâmetros / Filial - Tabela Manutenção Fiscal).

Este Imposto é Contabilizado Integralmente durante o Cálculo em que o Laudo foi Incluído.

 

Para os demais Impostos:

Débito

Crédito

Valor

Conta a Débito configurada para o Imposto

Conta a Crédito configurada para o Imposto

Valor de Imposto Calculado*

* A Fórmula para o Cálculo destes Impostos é:

(Valor de Aquisição / Período para Depreciação) * % Alíquota do Imposto

Onde o Período para Depreciação é definido quando é configurado o Imposto Fiscal para o Controle do Item.

A Alíquota do Imposto é definida nos Parâmetros Fiscais da Filial (Gestão Administrativa / Patrimônio / Parâmetros / Filial - Tabela Manutenção Fiscal).

 

importante

 Caso a Conta de Manutenção do Item possua uma alteração no Mês, por exemplo do dia 01/01/2012 até 17/01/2012 era a Conta X, e a partir do dia 18/01/2012 era a Conta Y, será realizado 2 lançamentos ou quantos forem necessários dependendo do número de vezes que foram modificado as contas com o valor proporcional ao número de dias.

 

 

br_topicos_relacionados

 

Fechamento Patrimonial

Item do Patrimônio